a WTF! é pra você, confia em mim

[rt_reading_time label="tempo de leitura:" postfix="minutos" postfix_singular="minuto"]

Já faz um tempo que a gente vem se questionando sobre alternativas pra tornar as experiências de aprendizagem mais inclusivas. E aqui, cabe ressaltar, não estamos falando apenas sobre maiorias minorizadas ou grupos marginalizados, estamos falando de acesso. No geral, mesmo.

Como mostrar pra geral que a WTF! cuida de pessoas? Que a WTF! não quer complicar as coisas para parecer importante, mas descomplicar para, quem sabe, promover um pouquinho de igualdade em relação ao que nos cabe? Como traduzir em palavras, imagens ou vídeos aquele brilho no olho de cada um que faz parte dessa comunidade? Ou aquele tumtumtum gostoso do coração quando a gente recebe do outro a gratidão pela acolhida? Como representar o sentimento que temos quando vemos platéia virar palco, palco virar platéia e esse movimento virar o nosso novo normal?

A gente sabe que é difícil explicar a escola. A gente já entendeu que é preciso sentir. É preciso sentir qu e somos escola, não instituição de ensino. Que somos aprendizes, tanto quanto professores. Que ensino e aprendizagem são coisas muito diferentes e que para termos sucesso na nossa missão, precisamos abraçar o fluxo e receber cada experiência que se forma, com pitadas daqui, outras dali. Mas a gente acredita que vai conseguir. Porque a gente acredita na transformação, a gente acredita em empoderamento e a gente acredita que é da vulnerabilidade que nasce a coragem.

Então vem. Confia em mim e viva o não saber.

A gente fala de tecnologia, a gente fala de inovação. Mas a gente também fala de amor e de propósito. Porque a gente acredita na educação holística, na complementariedade, na importância de ter multireferências. A gente simplifica. Pode confiar.

Desenvolver protagonistas da transformação. Esse é nosso propósito. E ele não está aí a tôa. Cada uma dessas palavras foi escolhida com cuidado para transmitir nossa intenção com verdade. Na WTF!, ninguém se forma. Dar forma parece tão prepotente, né? Na WTF! a gente acredita em desenvolvimento contínuo, afinal, as mudanças do mundo não vão parar por aqui. E a gente acredita que podemos curar nossa sociedade adoentada, transformar o mundo pra melhor, seja ele do tamanho que for, ou o mundo de quem for. E a gente acredita que essa transformação vem de cada um de nós, a partir da segurança e do empoderamento que o conhecimento nos dá como base para assumirmos esse papel de protagonistas. Das nossas vidas e das nossas relações, com outros e com o planeta.

Então vem. A gente não sabe se explicar, mas a gente tem certeza da emoção que guia nossas decisões. Então vem. A WTF! é pra você, sim. Confia em mim.

por Beta Ramos

compartilhe:

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on whatsapp
Share on email

fique sabendo de novos posts:

Nós usamos cookies para melhorar sua experiência. Ao clicar em concorda, você nos permite esse uso.

acesse aqui nossa política de privacidade

serendipidade

é uma feliz descoberta ao acaso, ou a sorte de encontrar algo precioso onde não estávamos procurando

informa teu email e vamos te enviar um livro que vai te surpreender